IDÉIAS PARA A ACADEMIA ALAGOANA DE LETRAS

 

Realização de Círculos de Leitura nas escolas, com o intuito de estimular o gosto pelos livros. Cada círculo terá 20 integrantes.  COMO SE PROCESSARÃO ? Cada participante lerá determinado parágrafo de artigo de interesse geral; depois passa a palavra para o colega ao lado. A prosa, então circulará em volta da mesa. A qualquer momento a leitura poderá ser interrompida para comentários, esclarecimentos, acréscimos, correções. No fim do artigo, travar-se-á discussão em que se tentará chegar a uma síntese das idéias suscitadas pelo autor. OBJETIVOS DESSA PRÁTICA: Adquirir FLUÊNCIA VERBAL, ao exercitar argumentação e contra-argumentação. CONHECER E APRENDER A UTILIZAR novas palavras e expressões. EVITAR VÍCIOS de linguagem. Exercitar o uso da “PAUSA”. Desenvolver CONVERSAÇÃO clara, lógica, concisa. DEFENDER SEUS PONTOS DE VISTA, com competência e firmeza. FAZER EXPOSIÇÕES ELEGANTES, porque bem seqüenciadas, com informações pertinentes, alicerçadas em autores abalizados, sem esquecer o fundamental BOM HUMOR. TORNAR-SE, ENFIM, UM PROFISSIONAL EXCELENTEMENTE ARTICULADO E COM NOTÁVEL PODER DE PERSUASÃO.

 

 

Promover uma maior aproximação com a Academia Brasileira de Letras, convidando, inicialmente, seu Presidente: Ministro Marcos Vinícius Villaça, para proferir conferência sobre a Auto-Suficiência da Instituição.

Transformar a Casa de Jorge de Lima em Centro de Saber, com cursos rápidos sobre a contribuição dos maiores autores nacionais e estrangeiros.

Instituir o Café Literário Regional, precedendo a reunião mensal dos acadêmicos

Ricardo Nogueira Bezerra - Sócio efetivo - Cadeira 25

 

Volta